As vantagens de investir em Studios

No ano passado, os apartamentos studios e 1 dormitório foram responsáveis por 66% das unidades comercializadas na capital paulista, de acordo com o Secovi-SP. Os índices refletem a mudança de hábitos dos consumidores nos últimos anos: casais sem filhos, pessoas que deixam para casar mais tarde, entre outros perfis que se consolidaram.

Nem mesmo a pandemia foi capaz de interromper os objetivos desses e de outros grupos de consumidores. O relaxamento das regras de isolamento social e a adoção de medidas de proteção nos estandes de venda ajudaram aos poucos a recuperar o vigor das vendas e a confiança no investimento imobiliário.

Dados da Associação Brasileira das Entidades de Crédito Imobiliário e Poupança (Abecip) apontam que nos primeiros cinco meses de 2020 os empréstimos destinados à aquisição e construção cresceram 23,2%, comparados a 2019. Os recursos movimentados por financiamentos em maio, no meio da quarentena, foram 6,5% superiores a abril. Um volume ainda 8% maior que no igual período do ano passado. 

A performance surpreendeu até os mais otimistas e pode ser atribuída, segundo analistas, às menores taxas básicas de juros da história, às boas ofertas e à própria demanda crescente na cidade. Em julho, a cereja do bolo para a retomada da confiança no mercado imobiliário veio com o ministro da Economia Paulo Guedes. Ele  declarou que “pode haver um boom de 10 anos na construção civil com os juros baixos”.

Confira outras vantagens de investir no mercado imobiliário hoje, especialmente em studios próximos ao metrô:

1 – O mais rápido de alugar

Com a alta demanda, os studios são os tipos de apartamento mais rápidos de alugar em São Paulo, segundo o Secovi-SP. 

2 - Alta liquidez para vender

Studios são reconhecidos tradicionalmente como imóveis com alta liquidez; isto é, são mais fáceis de vender, exatamente por causa do menor valor e pela praticidade. Para impulsionar a liquidez, vale a pena ficar de olho em regiões que se transformaram em objeto de desejo, como Pinheiros e o Centro de São Paulo revitalizado.

3 – O metrô na geografia do mercado paulistano

Estar perto de uma estação de metrô é um pré-requisito importante para quem compra imóveis em São Paulo. Conforme pesquisa publicada no Portal do Governo do Estado de São Paulo, 50% dos imóveis vendidos na capital ficam a menos de 1 Km do metrô. Isso inclui os studios.

4 – Menos garagens e menos custos

Os aplicativos de carona, as bikes e os patinetes ajudaram a criar uma cultura da vida sem carro. E os números do mercado imobiliário mostram que o consumidor abraçou a tendência. Em 2010, os lançamentos sem garagem respondiam por apenas 14% do total. Oito anos depois esse número deu um salto. Ao todo, 40% dos empreendimentos foram lançados sem garagem, de acordo com índices da Embraesp. A ausência de vaga reduz o valor de compra e o próprio IPTU de quem aluga o imóvel, impactando na liquidez.

5 – Investimento mais seguro e menos sujeito às volatilidades do mercado

Com tendência de valorização constante e menos sujeito às incertezas do mercado, o investimento imobiliário é perfeito para quem deseja viver com mais tranquilidade. Um patrimônio sólido e seguro, que tende a se valorizar com a valorização da região onde o imóvel está localizado.

6– No Centro das atenções

O público que costuma procurar por studios não quer perder tempo com trânsito, deseja ter tudo a mão e está disposto até a pagar um pouco mais por essas facilidades. Uma das vantagens de renovar as regiões centrais é que esses lugares já possuem infraestrutura completa de apoio ao morador. Uma rede ampla de comércio, cultura, gastronomia e mobilidade. Um studio nessas áreas tem alta aceitação. A procura é tanta que desde 2010 a região central da capital paulista viu o valor médio do metro quadrado dos imóveis residenciais aumentar acima de 50%.

7 – A valorização das áreas de lazer

Com a restrição da circulação na cidade por causa da pandemia, as áreas privativas dos empreendimentos ganharam ainda mais valor. Os apartamentos novos saem na frente com itens de lazer completos, que possibilitam máxima diversão e entretenimento com altíssima qualidade, sem sair de casa.